quarta-feira, 23 de maio de 2012

XICRINHA DE CHÁ





Olá pessoas, viram passarinhos verdes hoje?
No XICRINHA DE CHÁ de hoje trago a vocês um tema que não deve ser avaliado, apenas digerido lentamente para que assim ele possa encontrar, nos recantos de sua mente, a nossa qualidade de simples seres humanos.



Da Vince, Newton, Galileu todos esses nomes são muito conhecidos por todos nós. Esses homens foram revolucionários na história da humanidade,  nos dando a base de tudo que conhecemos sobre o mundo no qual vivemos.

Pensemos nisso.

Esses homens tinham algo diferente. Eles sonhavam e lutavam pelo que acreditavam. Mas, quanto mais eles estudavam e descobriam teorias científicas, matemáticas, filosóficas... mais eles acreditavam que existia um ser superior que havia criado tudo o que existe.

Esses sonhadores foram taxados de loucos, criticados. Mas hoje, são os homens mais importantes que já pisaram na terra. HOMENS. É a consciência desse complicada e ,ao mesmo tempo, simples papel que exercemos no universo, que diferencia esses revolucionários dos limitados. 

Essas pessoas aceitavam sua qualidade de seres humanos e não tentavam ser mais do que isso. Apenas lutavam.

Hoje, vivemos em um mundo de semi-deuses onde alguém que sonha e luta pelo que acredita, existem apenas nos cantos mais reclusos e remotos da sociedade.

Espero que tenham gostado. Abraços e que todos tenham coragem de lutar por seus sonhos.

terça-feira, 22 de maio de 2012

PSCICODELICOS CONVIDADOS


Olá pessoas, espero que o carma de vocês não esteja nublado. Venho anunciar um novo mundo a vocês. Hoje, dia 22/05/2012, um novo coração cheio de sentimentos esperando para serem expressados. Apresento a vocês Amanda Fonseca, nossa nova colunista semanal.  

O quadro explora a essência e as dimensões dos sentimentos humanos que, só o coração de quem sente, consegue compreender.

Fiz uma pequena entrevista com a Amanda para que possamos conhece-lá mais a fundo e saber o que ela guarda no bau de seus pensamentos. Então, vamos lá.

Pscicodelia: Quando você começou a escrever? 
Amanda F.: Não tem uma data ou ano certo que defina quando exatamente comecei a escrever meus textos. Muitas vezes as minhas palavras se perderam em minha mente mesmo, e levei um tempo para escreve-las e guarda-las. 


Pscicodelia: Quando você descobriu seu talento para escrever?

Amanda F.: Na verdade, eu não era ciente desse talento, as pessoas começaram a elogiar meus textos da escola mesmo, e comecei a escrever sobre o que sentia aos onze anos mais ou menos. Então foi ainda no inicio de minha pré adolescência. 

Pscicodelia: Qual o lugar onde você mais gosta de escrever?

Amanda F.: Gosto de escrever em lugares calmos, na maior parte do tempo, gosto de ter uma paisagem para onde olhar. E não pode faltar uma musica que me acompenhe.

Pscicodelia: Cite três princípios que você carrega na sua vida.

Amanda F.: Primeiramente sem Deus eu nada seria. 
Lutar sempre, desistir nunca.
E que na vida a humildade,a bondade e o respeito são coisas valiosas em um ser humano.

Pscicodelia: Qual o seu maior sonho?

Amanda F.: Conseguir aproveitar todas as oportunidades que me forem dadas. Como que o Pscicodelia esta me dando. E dar o máximo de mim. Afinal, todas as portas que se abrem são novos caminhos com ensinamentos, que eu quero levar comigo e passar a diante.

Pscicodelia: Agora, sobre seu quadro no blog. O que você pretende passar para nossos leitors?

Amanda F.: Pretendo mostrar um pouco de mim, um pouco do que sinto por experiencias minhas, ou por coisas que capto de historias de outras pessoas. Quero que eles possam se identificar com meus textos, que encontrem algo que lhes toquem a alma.

Pscicodelia: Amanda, você pode nos mostrar uma palhinha do que vem por ai no quadro Devaneios? 

Amanda F.: Claro.

Amanda Fonseca
"Você nem se quer lembrou que toda vez que olhava para mim, parecia me dizer adeus. Você nunca reconheceu o quanto me fez sofrer todas as vezes que me fez esperar, sem a certeza de que você ficaria. E quando abriu a porta sem olhar para trás, você riu quando eu implorei que ficasse e não considerou que eu poderia estar falando a verdade."





:


Querem mais? então não deixem de acompanhar o quadro Devaneios no aqui no Pscicodelia. Abraços e que a vida lhes de muita limonada. 






segunda-feira, 21 de maio de 2012

PSCICODELIZANDO


Olá pessoas. Espero que estejam com uma áurea positiva. Hoje estou trazendo para vocês um novo quadro para o blog chamado Pscicodelizando. Esse quadro almeja mostrar o trabalho que faço com as minhas roupas. 


Bom, hoje vou mostrar uma blusa que fiz a partir de uma farda antiga de curso. Eu recortei a gola e as mangas para deixa-lá mais feminina. E ficou assim: 



Depois fiz um entrançado nas costas e nas laterais. Para dar um tom diferente a blusa, recortei um retalho de pano pink com detalhes pretos e amarrei no entrançado das letreais. E ficou assim: 


Na frente da camisa tinha uma estampa e para cobri-la eu peguei um pedaço perna de calça jeans e costurei na frente. Achei muito sem graça, então, peguei algumas coisas para customizar. Costurei um zíper aberto e dois pedaços de calças jeans que encontrei nas costuras da minha mãe. E ficou assim:





Espero que tenham gostado. Beijos a todos até a próxima. E que o universo trabalhe a seu favor.




FILMES E LIVROS


O LIVRO

Olá pessoas. tudo azul com bolinhas brancas? No Filmes e Livros dessa semana trago um livro da Suzanne Collins que tem ganhado muita fama aqui no Brasil nos últimos tempos. Sim meus caros camaradas, estou falando do Jogos Vorazes. 
O primeiro de uma trilogia, Jogos vorazes foi publicado  nos Estados Unidos em 14 de setembro de 2008 pela editora Scholastic, e lançado em Portugal e no Brasil, respectivamente, em 20 de outubro de 2009 pela Editorial Presença e 29 de maio de 2010 pela Rocco. 
O livro foi lançado também como audiolivro e livro digital. Teve uma primeira edição de 50 mil exemplares nos Estados Unidos, mais tarde aumentada para 200 mil. Desde o seu lançamento, foi traduzido para 26 idiomas diferentes e teve os seus direitos vendidos para 38 países. Foi recebido de forma geralmente positiva pelos críticos especializados.O livro é narrado em primeira pessoa, pela protagonista Katniss Everdeen, uma garota de dezesseis anos com um espirito guerreiro.
Segundo Suzanne Collins, a ideia para Jogos Vorazes surgiu enquanto ela mudava canais na televisão. Em um canal, a autora observou pessoas competindo em um reality show e em outro viu cenas da Guerra no Iraque. As duas coisas "começaram a se confundir de um modo muito inquietante" e a ideia para o livro foi formada. O mito grego de Teseu serviu de base para a história - a personagem principal Katniss seria como um Teseu futurista - e os gladiadores romanos completaram o quadro. A sensação de perda que Suzanne teve quando o pai prestou serviço militar na Guerra do Vietnã também contribuiu para o desenvolvimento do livro, no qual a protagonista perdeu o pai aos onze anos de idade - cinco anos antes do início da história.  E assim o mundo dos Jogos Vorazes foi se criando na brilhante mente da Suzanne. 


RESENHA 


Em um futuro inquietante, a America do Norte é destruída e da lugar a Panem, uma nação onde o poder para oprimir os pobres ou a coragem para continuar, são as únicas formas de se viver.

Panem é formada por uma poderosa cidade conhecida como Capital e por 13 detritos controlados pela Capital.
O 13º distrito rebelou-se contra a opressão da Capital em um evento que ficou conhecido como Dias Escuros. Mas eles não puderam resistir contra a força da Capital e o 13º distrito foi dizimado. Para que não houvesse mais rebeliões, a Capital criou os Jogos Vorazes. Uma Arena Grega futurística onde um menino e uma menina de cada distrito, que tenha entre 12 e 18 anos, devem lutar até que reste apenas um.
Os Tributos, como são chamados, reúnem-se anualmente no centro de seu distrito para a Colheita dos tributos que competiram por suas vidas. E é no 12º distrito, o mais pobre de todos, que Katniss Everdeen, uma corajosa garota de dezesseis anos vive.
Katniss perdeu o pai quando ainda era uma criança e, desde então, usa seus conhecimentos como cassadora herdados do pai para manter a mãe e a irmã mais nova vivas.

No dia da Colheita, Katniss se vê indo ao encontro de sua possível morte quando se oferece como Tributo no lugar de sua irmã, que por ironia do destino é escolhida como Tributo em seu primeiro ano participando dos jogos.

Junto com Peeta Mellark, seu companheiro de distrito, ela ultrapassa suas proprias espectativas em quanto tenta salvar sua vida e a de seu companheiro para voltar para sua família. 
Mas suas escolhas tem um preço alto, mesmo que ela não faça ideia disso. Que os Jogos Vorazes comecem.


Por: Brenda S. Sousa

O FILME
Depois de ler o livro fui ao cinema para conferir se o filme seria fiel ao livro. Confesso que fiquei um tanto decepcionada com o filme. Muitas informações e detalhes que são significativos para a compreensão da trilogia foram deixados de fora.
O estúdio Lions Gate adquiriu os direitos para uma adaptação cinematográfica do livro, que foi produzida pela Color Force. Dirigido por Gary Ross, o roteiro do filme foi escrito pela própria Suzanne Collins, com ajuda do diretor e revisão de Billy Rae.

 A produção foi iniciada na primavera norte-americana de 2011 e o filme lançado em 22 de março de 2012, com Jennifer Lawrence no papel de Katniss Everdeen, Josh Hutcherson como Peeta e Liam Hemsworth como Gale. Ele arrecadou US$211,8 milhões em bilheterias mundialmente em seu primeiro final de semana e recebeu uma aprovação de 85% dos críticos especializados, segundo o Rotten Tomatoes, que se baseou em 245 resenhas. 


Espero que tenham gostado da indicação. Até a próxima  querubins. Que os ventos do sul não soprem areia 
em seus olhos.